15/03 2010
O bad boy das bad girls

Que você viu Telephone, da Gaga, eu tenho certeza. Mas antes de eu ensinar a fazer óculos de cigarro ou como colocar bobs de Coca Light na cabeça (aliás, pausa pra comentário: melhor merchan que eu já vi), resolvi fazer um post serviço e falar um pouco do cara que a essa hora deve estar em uma mansão na Suécia contando o vil metal: Jonas Åkerlund.

Você pode nunca ter ouvido falar, mas certamente já viu algum clipe dirigido por ele. Em 22 anos, Åkerlund criou mais de 70 videoclipes de artistas como U2, Robbie Williams, Devo, Iggy Pop, Jamiroquai, Macy Gray, Smashing Pumpkins, Christina Aguilera, Jane’s Addiction, Rolling Stones e Paul McCartney.

A lista é bem mais extensa, e eu correria o risco de fazer essa página ficar mega pesada e tomar um esporro do Alexandre Esposito. Por isso, vou me ater a cinco clipes marcantes da videografia, com um bônus no final.

Vamos começar por Ela. É, a única artista que pode usar “Ela” com maiúsculo, afinal Ela namora Ele.

American Life não é o clipe mais famoso da Madonna, mas certamente um dos mais polêmicos. Esse aí, inclusive, é o clipe liberado. A versão proibidona (muito melhor) você encontra aqui.

A parceria de Åkerlund e Maddie vem de longa data. Foi ele quem dirigiu Ray of Light, Music e o recente e fraquinho Celebration. Além disso, Mr. Jonas dirigiu também a melhor turnê em vídeo da Madonna, Confessions Tour, e o documentário sobre a melhor turnê que não virou DVD, I’m Going to Tell You a Secret.

E o diretor curte chocar a sociedade. Um de seus clipes mais recentes, Pussy, do Rammstein, é um dos mais bizarros que eu já vi (por favor, seja legal e só acesse aqui se tiver mais de 18 anos). Tanto, que, claro, a versão divulgada é bem mais light. O próprio Telephone já começa a ser proibido lá fora, pelo excesso de violência e sexualidade (vai entender…). Outros que tiveram que ser feitos em duas versões foram Fresh Out the Oven, da J-Lo, e o próximo do meu top 5:

Este clipe tem outra característica marcante do Åkerlund: o pé na estrada. O cara se amarra em fazer um road clip. Do mais recente Telephone, que faz referência tanto a Kill Bill quanto a Thelma & Louise, passando por Music (Madonna), Wake Up Call (Maroon 5) e Lonely Road (Paul McCartney). E tudo bem colorido, como sempre.

My Favourite Game (Cardigans) pode não ter nada demais, mas é um dos meus clipes favoritos do Åkerlund, e representa bem a fase em que ele firmou seu nome como diretor de videoclipes. Muita coisa interessante surgiu entre 1997 e 2000, como o próximo clipe:

Esse é outro clipe que foi gentilmente cortado pra poder ir ao ar na TV (e novamente eu trago pra você a versão sem censuras aqui). Mas pra geração que, como eu, tem entre 25 e 35 e só tinha a MTV como opção os longínquos anos 1990, Prodigy é tão marcante como o penúltimo clipe que eu mostro:



Whiskey In the Jar (Metallica) não é tão genial quanto o The Memory Remains, mas também um ótimo representante da videografia dos anos 1990. Aliás, tem aí outra vibe que o diretor curte bem: festinha regada a muito rock, pegação, álcool e, no final, violência. São inúmeros os clipes dele que mostram isso, pra não dizer quase todos.

Para encerrar meu Top 5, mostro um vídeo que casa música e propaganda, outra coisa que o Åkerlund sabe fazer muito bem. Ele já dirigiu comerciais da Coca-Cola, Virgin, Dell, Puma, Adidas e fez a última campanha da Dior com o Jude Law. E é também da Dior que nasceu esse comercial lindo, com a bola da vez de Hollywood, Marion Cotillard, e a banda Franz Ferdinand:

Eu, particularmente, adoro comercial de grife famosa. Todo mundo é bonito, a fotografia é incrível e geralmente tem uma música legal pra acompanhar. E a Marion Cotillard dispensa comentários.

Enfim, se você chegou até aqui e ficou interessado na obra do Åkerlund, organizei uma lista com todos os clipes dele disponíveis no Youtube. Clique aqui e divirta-se.

Ah, segue aqui também o link com o site oficial do cara. Tem outros vídeos muito bons lá.

Se os trocadilhos infames tivessem um pai, seria ele.

15/03 2010
O que os nerds de 1984 achariam do mundo de 2010

E por falar no futuro sob um olhar nerd, essa semana também vi esse vídeo hilário no SMBC (mesmo site de onde vem a maioria das tirinhas que traduzo aqui).

Uma garota nerd de 2010 surge para os geeks de 1984 e fala sobre o que mudou no mundo:

Publicitário, blogueiro, produtor de festa e, pro azar de vocês, piadista.

15/03 2010
Onde você se vê daqui a 5 anos?

Eu odeio essa pergunta. Odeio com todas as forças.

Essa pergunta, tão comum em entrevistas de emprego, me irrita porque geralmente mexe com nossas expectativas. E pensando em tão longo prazo assim, essas expectativas quase sempre resultam em frustração, mesmo que sua vida esteja bem boa. Afinal, por melhor que você tenha passado e chegado ao fim desses 5 anos, as coisas nunca saem exatamente como você planeja ou imagina. E essa falta de controle sobre nossas próprias vidas é frustrante.

Odeio tanto essa pergunta que desde meados do ano passado comecei a escrever um livro, um romance cômico,cuja premissa parte justamente desse choque entre as expectativas que existem antes desses 5 anos e as frustrações posteriores.

Mas esse post não tem nada a ver com meu livro ou com essas reflexões sobre frustração, e sim por causa da enorme coincidência que tive quando cliquei num link que o Barba colocou no Twitter e me deparei com um post hilário e totalmente nerd justamente com esse título: “Onde você se vê daqui a 5 anos?”

E mais coincidência ainda: sabe qual era a primeira frase do post? “Eu odeio essa pergunta”.

Era um sinal. E o post é tão bom que eu tive que traduzir. Segue ele:

Onde você se vê daqui a 5 anos?

Eu odeio essa pergunta. Eu odeio quando a ouço em uma entrevista e odeio pensar nela enquanto encaro para o vazio, fingindo estar pensando sobre trabalho. É uma pergunta ridículo. Qualquer um que tenha uma noção clara de onde sua própria carreira vai estar em cinco anos ou é funcionário público ou tem um rifle como instrumento de trabalho (soldados, piratas, gangsters, etc).

Mas acho que nos desviamos do assunto. O ponto é que é impossível prever precisamente como sua carreira vai se desenvolver, que escolhas vão se apresentar e que reviravoltas aleatórias do destino vão te guiar a essa promoção, ou àquele investimento. Então não vamos perder nosso tempo pensando seriamente sobre essa questão.

Em vez disso, vamos considerer o futuro como um todo! Bem, o que nós sabemos do futuro? Isso depende de qual paradigma de filme de ficção-científica você prefere. Vamos examinar os clássicos.

Star Wars

Opções de emprego: funcionário de um Império maligno com uma burocracia rígida e código de vestimenta restrito ou membro freelancer da frota Rebelde, que é bastante informal e a favor de diversidade. De qualquer forma, você pode tirar a sorte grande genética e ter poderes mágicos, convenientemente te catapultando para posições de liderança na sua organização, mesmo com sua completa falta de treinamento.

http://vidaordinaria.files.wordpress.com/2010/03/sw.jpg

Exterminador do Futuro

Os computadores dominaram, construíram robôs mortais que se parecem com fisiculturistas austríacos e começaram a enviar assassinos para o passado. Nesse caso, sua carreira provavelmente vai se resumir em caçar, encontras pessoas e se esconder da SkyNet. Mas não se preocupe! Como sobrevivente em uma terra devastada, você não vai ter problemas com concorrência para conseguiu verbas da empresa ou promoções.

http://vidaordinaria.files.wordpress.com/2010/03/terminator.jpg

De Volta Para o Futuro

Carros podem voar, usamos impressões digitais ao invés de cartões de crédito e energia vem de pequenos aparelhos que funcionam à base de cascas de banana. Sua carreira provavelmente continuou em curso, subindo pela escada corporativa, usando gravatas com nó duplo e infernizando seus empregados para que façam seu trabalho por você. Só lembre-se de entregar seus relatórios cedo, para ter tempo caso precise redigitá-los, e tente não trabalhar prum sujeito chamado Needles.

http://vidaordinaria.files.wordpress.com/2010/03/bttf.jpg

Blade Runner

Humanos colonizaram o sistema solar usando andróides escravos, a maioria dos animais está extinta e Los Angeles está bem, BEM esfumacenta. Você trabalhou duro, mas infelizmente foi substituído por um robô e agora está forçado a ganhar a vida como camelô, vendendo bonecos do Elmo e do Furbies no mercado negro. As coisas podem parecer sinistras, mas se mudar para o subúrbio deve tornar sua vida mais fácil. Presumindo, claro, que você seja realmente humano.

http://vidaordinaria.files.wordpress.com/2010/03/blade.jpg

Planeta dos Macacos

A guerra nuclear destruiu toda a civilização, deixando macacos super inteligentes no comando. Você deve ficar bem, desde que se contenha em falar com seu carcereiro símio e se foque em pensar no céu azul, para maximizar a sinergia com as outras pessoas presas em cubículos de bambu. Recomendação: mude desde já seu nome legalmente para “Olhos Brilhantes”, pra ganhar tempo.

http://vidaordinaria.files.wordpress.com/2010/03/macacos.jpg

O Vingador do Futuro

Saem os governos, entram as megacorporações, e agora você pode tirar férias sem sair de casa, tendo memórias falsas implantadas na sua cabeça. Aceite essa mentalidade de rebanho e continua jogando na política de escritório, como de costume, e você vai se sair bem, desde que não visite Marte ou se case com a Sharon Stone.

http://vidaordinaria.files.wordpress.com/2010/03/vingador.jpg

Matrix

O mundo inteiro é na verdade uma elaborada simulação de computador. Não se preocupe, você provavelmente nunca vai descobrir nenhuma prova de que está vivendo na Matrix, então continue com o que você está fazendo que sua existência no cubículo do escritório vai continuar ininterruptamente, a menos que o Agente Smith resolva se apropriar do seu corpo pra lutar com o Neo no metrô.

http://vidaordinaria.files.wordpress.com/2010/03/matrix.jpg

Tropas Estelares

O mundo se tornou autoritário, e na hora certa! Afinal, quem melhor para lutar contra insetos alienígenas gigantes do que aquele médico criança do seriado antigo? Se você se liga em mecânica ou coisas do tipo, é hora de começar a projetar próteses de membros para militares ou mata-moscas de tamanho industrial. Nota mental: não se mudar para Buenos Aires. NUNCA.

http://vidaordinaria.files.wordpress.com/2010/03/tropas.jpg

Robocop

O crime se tornou tão ruim que a polícia resolveu transformar policiais mortos em zumbis robóticos. Nota mental: não se mudar pra Detroit. NUNCA.

http://vidaordinaria.files.wordpress.com/2010/03/robocop.jpg

WALL•E

A ganância sem limites das corporações e governos fracos deixaram nosso planeta muito nojento para se viver, então fomos realocados para uma gigantesca nave espacial para o resto de nossas vidas. YEAH! Você vai passar o resto da vida passeando em poltronas voadores, bebendo milkshakes gigantes e jogando vídeo-games. É como se todo dia fosse Casual Friday!

http://vidaordinaria.files.wordpress.com/2010/03/wall_e.jpg

Minority Report

Policiais videntes garantem que ninguém seja assassinado novamente, enquanto a maioria dos negócios é conduzido através de scans de retina. Então comece a trabalhar desenhando sua nova linha de óculos escuros, tapa-olhos, lentes de contato e olhos de vidro para todas as pessoas que ficaram acidentalmente cegas enquanto faziam compras.

http://vidaordinaria.files.wordpress.com/2010/03/minority.jpg

Fahrenheit 451

Bombeiros queimam livros e a maioria das pessoas passa o tempo em quartos de realidade virtual. Claramente, é hora de abandonar o mercado de publicações e aprender a programar vídeo-games. Ou, se você gosta de brincar com lança-chamas, considerar um futuro de farda.

http://vidaordinaria.files.wordpress.com/2010/03/fahrenheit.jpg

Filhos da Esperança

Humanos perderam misteriosamente a habilidade de ter filhos. Ou seja, livre das despesas de criar filhos, você pode se focar em pagar aquela hipoteca e poupar pra sua aposentadoria. Se você economizar bastante, pode até se mudar pras Bahamas daqui a 5 anos.

http://vidaordinaria.files.wordpress.com/2010/03/children.jpg

Star Trek

A humanidade evoluiu deixando pra trás as guerras, o racismo, diferença de classes, economia, então… está todo mundo falido. A boa notícia é que você pode comer trezentos tipos de cheeseburguer de uma máquina na parede e pode baixar todas as músicas que quiser de graça.

http://vidaordinaria.files.wordpress.com/2010/03/st.jpg

Então aí está. Você tem uma vasta gama de possibilidade de carreiras e caminhos que pode encontrar caso esbarre em um horror pós-apocalíptico… daqui a cinco anos.

Texto original.

Publicitário, blogueiro, produtor de festa e, pro azar de vocês, piadista.

15/03 2010
Gênio do Chatroulette

Acho que eu nunca ia desconectar do chat com esse cara só pra ver como ele ia se virar pra continuar a musiquinha. Gênio demais!

Especialista em achar bizarrices na internet, rir da desgraça alheia e falar mal de tudo. Resumindo: o capeta em forma de guri.

15/03 2010
St. Patrick is coming to the town

Dia 17 de Março é Dia de São Patrício! E você com isso? Se é um admirador de reuniões etilicas e, principalmente, de Guinness, New Castle e até Johnny Walker deve ir ao pub mais perto vestido de verde para brindar! O tal “feriado” é comemorado aqui no Brasil também, com decorações de trevos, comidas e até músicas típicas:

The Dubliners – The Rare Old Mountain Dew

The Dubliners – Whiskey in the Jar

Então vista seu melhor suspensório, sua roupa verde acompanhada de um chapéu coco, depois de tanto se entupir de cerveja quem sabe você não vê um leprechaum por aí.


Hoje eu sou irlandês

Além de falar sobre horóscopo quando suas citações não surtem efeito, só a banalidade o interessa ultimamente.